UOL HoróscopoUOL Horóscopo
UOL BUSCA

   
De olho na Lua | Meditação da Lua nova por Barbara Abramo

Câncer

Antes de começar a meditação, leia as sugestões gerais. Elas contêm dicas de postura, concentração e de como você deverá se vestir e preparar o ambiente para realizar a visualização.

Câncer é o signo que evoca as origens. A metáfora do começo da vida pode se referir a todos os processos de criação em que a semente ganha forças no escuro e no segredo.

Signo do acolhimento e do renovar das energias, Câncer também evoca o lar, a vida privada e as emoções, em contraposição ao signo oposto, Capricórnio, que lidera o fazer no mundo adulto. Este é o seio e a criança, o alimento e o bem-estar, a busca de conforto.

O signo do caranguejo é a Porta dos Homens, lugar de entrada das almas. Assim como o Alfa e Ômega da criação, ele revela o começo e seu fim, a terra que guardará o corpo quando a alma subir pelas escadarias de Capricórnio, rumo às estrelas do céu.

Câncer é um signo complexo, emotivo e irracional, que luta e defende a vida. Ele é mudo, trancando a sete chaves seu segredo e evocando o cuidado e a proteção da alma, do corpo e do espírito. É em nosso lado canceriano da alma que guardamos as lembranças do que irá nos fazer crescer.

A meditação para a Lua nova em Câncer tem o sentido de resgatar e fortalecer nossos sonhos, muitas vezes abandonados e pesando sobre nossos ombros. Lembrar desses sonhos ajuda a caminhar de um modo mais entusiasmado, pois lembramos que somos seres que pisam o chão, olham as estrelas e reverenciam essa terra úmida que dá vida e para a qual retornaremos quando nosso tempo acabar.

Conecte-se com seus pés, de olhos fechados, sentindo a área do peito e do estômago vibrando com sua respiração, que deve ser lenta a profunda. O sangue, seiva da vida, corre em suas veias e passeia por todo seu corpo, simbolizando a água vital que veio da terra, sob o solo onde você pisa agora.

Você está ereto, sentindo o chão onde pisa, e sua coluna se move lentamente seguindo o balanço da rotação da Terra. Com os braços abertos, você forma uma cruz, que simboliza a encarnação de seu ser no tempo e no espaço. Em volta, os frutos da terra e as flores das árvores cercam um lago onde alguns patos, cisnes e aves pousam levemente.

Preste atenção a este lago. Observe sua forma e sua cor, pois ele representa o seu arsenal de emoções vitalizantes, que você pode acessar a todo momento que se sentir cansado, exaurido e desanimado.

Ao chegar na beira do lago, você olha para dentro, vendo imagens e o reflexo de seu rosto -anote depois estas visões, pois são inspirações do que você deve fazer para resgatar seus sonhos. Escolha entre mergulhar no lago ou circundá-lo, caminhando até uma caverna que se encontra à sua esquerda. Se você preferir mergulhar, observe com atenção as imagens, seres e objetos que encontrará até chegar ao fundo, pois são indícios de suas aspirações mais secretas.

No fundo do lago, você encontra um ser, que pode ser homem ou mulher. Esse ser irá responder à sua pergunta: como realizar um sonho que me dê forças para seguir vivendo e no qual eu me reconheça verdadeiramente? Preste atenção ao que lhe for dito ou mostrado. Mais tarde, durante o período do mês lunar, você terá condições de interpretar todos esses sinais, porque eles têm relação direta com sua infância e seu passado. Depois, retorne lentamente à superfície, visualizando uma luz rósea em torno do centro do estômago e do coração.

Se você preferiu entrar na caverna, sem mergulhar no lago, preste atenção à entrada da mesma: se é larga ou estreita, sombria ou iluminada. Você entra na caverna segurando uma tocha de luz na mão direita, que representa a luz do espírito que remove as sombras e o temor. Nesta caverna, você estará destravando medos e preconceitos, indo ao encontro de algumas sombras que estão apenas apontando verdades interiores que você rejeitou até então. É importante assumir uma postura de acolhimento, porque você será confrontado por lembranças e imagens que podem trazer receio ou temor.

Observe tudo, sempre lembrando de carregar a tocha de luz na mão direita. Dentro da caverna, há um local alto, em que é possível ver as estrelas e a água que escorre de uma fonte interna da caverna, embaixo. Você entra na fonte e se lava de seus medos e receios, tomando o cuidado para manter a tocha acesa na mão direita. Neste momento você se indaga a respeito de sua missão de vida e de como unir sonhos antigos ao presente. Anote tudo que lhe vier à mente e que visualizar neste momento de recolhimento sagrado. Saia lentamente da caverna, sem olhar para trás, e deixe a tocha de luz na entrada.

Em ambos os casos, a primeira etapa da meditação termina ao sair da caverna ou ao retornar à terra depois do mergulho no lago. Munido das imagens inspiradoras que anotou e das respostas que recebeu, você volta para a terra iluminada desta região cheia de flores e frutos. A noite cai lentamente, e você enxerga no céu azulado as primeiras estrelas. A Lua está poderosa, iluminando sua cabeça. Dessa luz emana a Grande Mãe, cujas vestes brancas estão cobertas por um manto azul celeste. Ela usa uma coroa de luz pálida sobre os cabelos. Essa imagem representa o eterno feminino, que vem fazer um pacto de proteção, apoio e cuidado com seu coração.

Você recebe as mãos abertas em sinal de benção da Grande Mãe e agradece a força e a luz que ela lhe envia. Com estes dons da vida e da natureza, você estará a salvo das distrações, dos esquecimentos e da aspereza da vida.



HORÓSCOPO DO DIA
por Barbara Abramo
Áries
21/03 a 20/04
Touro
21/04 a 20/05
Gêmeos
21/05 a 20/06
Câncer
21/06 a 21/07
Leão
22/07 a 22/08
Virgem
23/08 a 22/09
Libra
23/09 a 22/10
Escorpião
23/10 a 21/11
Sagitário
22/11 a 21/12
Capricórnio
22/12 a 20/01
Aquário
21/01 a 19/02
Peixes
20/02 a 20/03
TUDO SOBRE SIGNOS

Hospedagem: UOL Host